Stretto House | Steven Holl | 1992 | Texas, Estados Unidos

Fonte: www.stevenholl.com
Fonte: http://www.stevenholl.com

Começando a série de posts sobre os estudos de caso que selecionei para minha dissertação de mestrado, gostaria de falar um pouco sobre a Stretto House, projeto do arquiteto Steven Holl para uma residência unifamiliar no Texas.

Essa residência já é bastante conhecida entre as pessoas que começam a pesquisar um pouco sobre obras que exemplificam a relação arquitetura e música. Basta uma rápida olhada nos sumários de muitos trabalhos acadêmicos que tratam do assunto que logo encontramos algumas páginas dedicadas a explicar esse projeto. (Depois posso indicar em minha bibliografia quais são esses trabalhos).

Trecho da partitura Música para Cordas, Percussão e Celesta, de B. Bartók, 1936. (Fonte: Almeida, 2005)

E a “fama” desta casa não é por acaso. O próprio arquiteto afirma que utilizou como referência para o projeto a Música para Cordas, Percussão e Celesta (1936), uma obra do compositor húngaro Béla Bartók (1881 – 1945).

Essa música possui quatro Movimentos com claras divisões entre os instrumentos de percussão e as cordas.
O I Movimento é uma fuga, e por vezes ocorre o que os músicos chamam de Stretto, que – explicando bem simplificadamente – seria a sobreposição dos temas da fuga. Holl afirma que associou a forma geral da arquitetura da casa com os movimentos de sobreposição de um Stretto, criando também quatro seções para o edifício, e da mesma maneira que a música apresenta uma variedade em relação aos sons, a arquitetura trabalha com a luz, os materiais e o espaço.

“Este conceito musical, imaginei, poderia ser uma ideia para a fluidez da conexão entre os espaços arquitetônicos”. (HOLL in ALMEIDA, 2005, p. 33)

Esquema, vista e corte. Fonte: http://www.stevenholl.com

A Stretto House foi dividida em quatro zonas espaciais, cada uma delas possuindo sempre dois elementos materiais: um pesado, de alvenaria ortogonal e associado as percussões presentes na música; e um leve, referente a cobertura metálica curva e os panos de vidro, associados aos instrumentos de cordas.
Os elementos pesados se consistem em uma série de 4 blocos retangulares construídos em alvenaria (que poderiam também se associados com os as barragens de concreto presentes no riacho existente no local). Entre cada bloco, espaços com fechamento em panos de vidro e pedra, com tramas de metal que sustentam a cobertura, emoldurando a paisagem e a vista da água.
A planta é puramente ortogonal, mas os cortes e vistas têm ênfase nas curvas – exceto a casa de hóspedes onde isso é invertido, em analogia às variações de tema presentes também no primeiro movimento da obra de Bartók.
Ambos, Bartók e Holl, utilizaram da série Fibonacci como ferramenta principal para a formulação da estrutura e proporção de suas obras. (MARTIN, 1994)

Estou lendo e pesquisando bastante sobre essa residência e fazendo também as minhas análises… Depois escrevo um post sobre isso 😉

IMG_4571
IMG_4572